Fechar menu
Abrir menu

Frozen Skin

Frozen Skin

Natal, temperaturas baixas, chocolate quente apelam a férias na neve! Para os amantes de ski ou snowboard esta é a altura preferida do ano, contudo existem alguns cuidados que devemos ter com a nossa pele.

O frio, a humidade, os banhos quentes e o uso de muita roupa agridem a pele, diminuindo a sua barreira de defesa. A tez fica mais desidratada, desnutrida, áspera, levando, por vezes, à escamação e a um tom avermelhado. Se juntarmos a permanência em ambientes fechados e sem circulação de ar, locais característicos nesta altura ano, temos ainda o perigo da exposição a vírus e bactérias.

Para se defender do frio e garantir a sua sobrevivência, o nosso organismo irriga o sangue maioritariamente para os órgãos vitais, deixando a epiderme para segundo plano. A pele diminui a produção de colagénio, proteína que dá estrutura, firmeza e elasticidade, e a sua oleosidade natural desaparece.

Sobretudo em climas frios e secos, o rosto e os lábios são as zonas mais expostas, pelo que se deve apostar em cremes hidratantes e nutritivos de acordo com as especificidades de cada rosto, e protectores labiais. A hidratação é de extrema importância pelo que se aconselha a beber-se pelo menos 2 litros de água diários.

Por último, mas não menos importante a protecção solar. Para algumas pessoas, o bronze da neve com a marca dos óculos, pode ser apetecível, mas para a pele é um processo nocivo. Deve-se apostar num protector solar com índice de protecção elevado e à prova de água, pois o efeito reflector (espelho) da neve amplifica até quatro vezes mais a quantidade de radiação ultravioleta.